Login

HomeSobre a COPPE

Sobre a COPPE

O Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa em Engenharia – COPPE é o maior centro de ensino e pesquisa em engenharia da América Latina. Fundada em 1963, a COPPE ocupa 36,5 mil m2 do Centro de Tecnologia da UFRJ, sendo 20 mil m2 destinados aos seus cerca de 120 laboratórios, equipados com as mais modernas tecnologias e mantém convênios com universidades e centros de pesquisa de inúmeros países do mundo. Tendo sido a primeira instituição de pós-graduação em engenharia no Brasil, a COPPE serviu de modelo para muitas instituições e até hoje se destaca como centro gerador de conhecimento, tecnologia, recursos humanos e métodos de ensino para universidades e centros de pesquisas brasileiros e da América do Sul. O padrão de excelência da COPPE se reflete na produção acadêmica da instituição. Anualmente, são defendidas anualmente em média mais de 150 teses de doutorado e 300 de mestrado, índice comparável aos principais centros de ensino e pesquisa no mundo, sem similar na América Latina. A COPPE tem por missão básica o ensino e a pesquisa na área da Engenharia, visando formar recursos humanos de alto nível, assim como gerar novos conhecimentos que promovam o desenvolvimento científico-tecnológico, econômico e social do país. Ao longo de cinco décadas de atuação, a COPPE tem desempenhado um papel de liderança no desenvolvimento de novas tecnologias repassadas às empresas e instituições públicas e privadas nacionais. Exemplo disso é a parceria entre a COPPE e a Petrobras de mais de três décadas com amplo sucesso na área de exploração de petróleo e gás.

A COPPE atualmente congrega cerca de 340 professores doutores distribuídos em 12 programas de pós-graduação em Engenharia, a saber, Engenharia Biomédica, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia de Sistemas e Computação, Engenharia de Transportes, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Metalúrgica e de Materiais, Engenharia Naval e Oceânica, Engenharia Nuclear, Engenharia Química, e Planejamento Energético. Destes, seis programas foram avaliados com conceito 7,cinco programas com conceito 6 e apenas um com conceito 5, na última avaliação trienal da Capes realizada em 2010. Além dos seus laboratórios, a COPPE compreende ainda uma incubadora de empresas de base tecnológica e uma incubadora tecnológica de cooperativas populares. Uma importante e constante preocupação da COPPE é o padrão de excelência da produção acadêmica, científica e tecnológica, sendo exigidos trabalhos de alta qualidade tanto de seus docentes como dos seus alunos.Esse padrão de excelência reflete-se, principalmente, na qualidade das teses defendidas, nas publicações de seus docentes e alunos, assim como no alto nível dos projetos de pesquisa desenvolvidos. A qualidade acadêmica manifesta-se na dedicação exclusiva e em tempo integral exigida de todos os seus docentes e pesquisadores. Atualmente, são produzidos cerca de 1.700 artigos científicos na COPPE anualmente. O engajamento em projetos contratados é incentivado, uma vez que se enquadra dentro das missões da instituição, mas também é controlado pela COPPE, de modo a não comprometer a dedicação ao ensino e à pesquisa básica em Engenharia. Por intermédio da Fundação COPPETEC, que se constitui na interface para contato com as empresas, a COPPE desenvolve projetos de pesquisa e desenvolvimento com empresas; fornece laudos de consultoria técnica; ministra cursos de especialização ou aperfeiçoamento profissional e promove outras atividades complementares. Atualmente, a COPPE contabiliza mais de doze mil projetos e contratos realizados em parceria com empresas públicas e privadas, nacionais e estrangeiras. As atividades acadêmicas na COPPE são monitoradas pela Comissão de Pós-graduação e Pesquisa (CPGP),composta por um representante de cada programa e três representantes discentes, sendo presidida pelo Diretor de Assuntos Acadêmicos.